Skip to content

PORTIFÓLIO CULTURAL STREET HOUSE CASA DE CULTURA URBANA

capa sp cultura street house ok

STREET HOUSE – CASA DE CULTURA URBANA

Rua Dom Pero Leitão, 152 – Vila Gumercindo – São Paulo – SP
CNPJ: 29.338.122/0001-74

Início das atividades: 02/01/2015
Início do CNPJ: 02/01/2018

STREET HOUSE é a primeira Casa de Cultura Urbana do Brasil, atuando de forma independente desde janeiro de 2015 e com CNPJ desde janeiro de 2018, tem como objetivo principal inspirar e potencializar sonhos de dançarinos, músicos, artistas e cabeças pensantes… A Cultura Urbana de um jeito que você nunca viu!
Quando você entra na Street House, encontra uma atmosfera de positividade e acolhimento, todos os detalhes foram pensados e planejados para o conforto e bem-estar das pessoas. Uma estrutura com alto padrão de qualidade, espaços pensados e mantidos com amor e aconchego, proporcionando uma experiência diferenciada e inesquecível.
A Street House tem aulas de Artes, Dança, Música, Gestão e Produção Cultural. Além disso, tem Projetos Sociais como o “Danças Urbanas Na Escola”, que desde 2018 atende anualmente mais de 500 crianças da Rede Pública/Privada.
Também desenvolve Atividades Culturais Gratuitas semanalmente, como: Batalha da Consciência (uma batalha de rimas com temas culturais), Oficinas e Workshops de Breaking, Graffiti, Empoderamento Feminino, Sarau Cultural, Arraía Cultural, Natal Cultural, Escola Cultural de Férias (com atividades lúdicas, artísticas e culturais) e outros projetos e eventos ligados a Cultura Urbana em geral, atingindo áreas como Hip-Hop (Breaking, Dj, Rap, Graffiti), Low-Rider, Parkour, Skate, Basquete 3×3, BMX Bike, Futebol Freestyle, Gastronomia Urbana e atividades voltadas a Saúde e Bem-Estar das pessoas.
Tem parceria com algumas entidades e instituições, promovendo ações conjuntas sociais e culturais.


ALGUNS PROJETOS CULTURAIS E SOCIAIS:

Projeto Danças Urbanas nas Escolas (Aulas gratuitas para crianças de escolas públicas, dadas nas escolas e no espaço cultural para crianças carentes)

B-Girl Empowerment Day (Evento de Empoderamento Feminino voltado a dançarinas de Breaking)

Beach Celebration Social Battle Kids (Evento de Danças Urbanas com Crianças de 3 Projetos Sociais de São Paulo)

Batalha da Consciência (Batalha de Rimas com temas culturais, onde os MC’s se enfrentam discutindo os temas sorteados aleatoriamente e com regras de conduta que inclui não falar palavrões ou ofensas – é uma batalha de alto nível e inteligente, sem perder a essência das ruas, onde quem tem conhecimentos gerais tem mais chances de ganhar o prêmio)

Sarau Cultural

Encontros de B-Boys e B-Girls

Palestras Culturais (Dança, Música, Arte, Cultura, Empreendedorismo)

Workshops Culturais (Dança, Música, Arte)

Festival Urbano

Arraiá Cultural

Natal Cultural

Escola Cultural de Férias

CLIPAGEM

Algumas matérias que saíram na imprensa sobre a Casa de Cultura Urbana:

https://www.bocadaforte.com.br/noticias/academia-on-house-do-litoral-de-sao-paulo-se-destaca-com-aulas-de-breaking-gratuitas 

 https://www.oh2c.com.br/ultimas-noticias/irmaos-de-itanhaem-ganham-campeonato-de-breaking-em-juquitiba-sp-clique-e-compartilhe/

https://turismoempauta.tur.br/materias/dancarinos-de-itanhaem-sao-premidos-no-peruibe-dance-festival-e-comemoram-em-coreografia-a-indicacao-do-breaking-como-modalidade-olimpica/ 

 https://www.oh2c.com.br/noticia-destaque/evento-no-litoral-de-sp-reune-projetos-sociais-com-algumas-das-melhores-criancas-que-dancam-breaking-no-pais-clique-e-compartilhe/

https://agendacultural.online/empowerment-day-elas-tem-o-poder-da-mudanca/ 

 https://www.oh2c.com.br/noticia-destaque/encontro-de-empoderamento-das-mulheres-do-hip-hop-e-marcado-por-resistencia-portal-oh2c/

https://jfatos.blogspot.com/search?q=breaking+aula+gratuita 

 http://turismoempauta.tur.br/materias/eventos/b-boy-leony-dj-dog-e-zoio-agitam-litoral-de-sao-paulo-na-on-house/?fbclid=IwAR0rocuPO9mlwlcHay-WqcLTYObmuYQs6ehe40bGTkhceWCB6wvzlcG0_C4

http://turismoempauta.tur.br/materias/eventos/b-boy-leony-dj-dog-e-zoio-agitam-litoral-de-sao-paulo-na-on-house/?fbclid=IwAR0aNnIqqeIwOQxQmfXQS2p0HcxvzsF1gUc5MtwPqRkjZzCtaWkG5OVBG3c

 
 
 
 
 
 
 
 
 

O diretor cultural da Street House é jornalista e publicitário, tem 48 anos de idade, casado há 15 anos, pai do B-Boy Eagle (13 anos, que foi vice-campeão no B.Dance Battle, em Braga, representando o Brasil na Europa em 2018, na categoria Breaking Kids, ficando entre os Top 16 Mundial na Porto World Battle, em Portugal) e da B-Girl Angel (10 anos, que foi a
primeira criança finalista do Prêmio Sabotage, em 2019, na Câmara Municipal de São Paulo). É militante da Cultura Hip-Hop desde 1986, atuando como DJ e Grafiteiro de 1986 a 1992, sendo que a partir de 1992 trabalha na produção e direção de eventos culturais, seminários, congressos e feiras de grande porte em São Paulo. No jornalismo, atuou como repórter e apresentador de TV no Programa Oficial da Polícia Militar de São Paulo, por 3 anos, tendo passagens em grandes emissoras por mais de 15 anos, produziu diversos shows musicais de grandes espetáculos, atuando como consultor de marketing e produção artística em quadros de programas como Eliana (SBT), foi palestrante e entrevistado por diversas vezes por veículos como Folha de S.Paulo, Estadão, Globo, SBT, Record, Correio Braziliense, Jornal Zero Hora, Metrô News, Diário do Commercio, Diário de Pernambuco, Valor Econômico, DCI Diário Comércio e Indústria, entre outros. Em janeiro de 2020 foi consultor de marketing e produtor do Festival Ilumina de Música Clássica, com shows no Teatro Municipal de Mococa, Teatro São Pedro, Teatro de Conteiner Mungunzá e Sala São Paulo, produziu em 2005 single social que foi tema da campanha de marketing da Fundação Ação Criança e shows no Teatro São Pedro e Sala São Paulo, em 2008 idealizou o projeto “Black Music por um Mundo melhor”, reunindo 83 cantores em um single social que arrecadou fundos para o auxílio das vítimas das enchentes em Santa Catarina, foi por 4 edições o diretor executivo de feira de grande porte, de 2012 a 2015, com visitação na última edição de 60.000 pessoas no Expo Center Norte. Em 2004/2005 produziu eventos musicais na Praça da Sé, para 15.000  pessoas e no Vale do Anhangabaú. Em 2016 fundou junto com sua esposa, que também é jornalista, a Casa de Cultura Urbana, focando seus esforços nos projetos sociais e culturais desenvolvidos por meio de múltiplas linguagens, como dança, música, arte, etc. Também atua como consultor de marketing da Confederação Brasileira de Breaking, da Federação
Paulista de Breaking, da Batalha Final (primeira batalha do Brasil criada em 1999) e do DMC Brasil, campeonato de DJs. Portanto, o mesmo tem conhecimento técnico e prático de 28 anos de carreira consolidada, para desenvolver com excelência as atividades culturais propostas. A
lém dos trabalhos já expostos no item anterior, vários projetos culturais comprovados por meio de clipagem, fotos, flyers e farto material, entre eles: Projeto Danças Urbanas nas Escolas (aulas gratuitas para crianças de escolas públicas, dadas nas escolas e na Casa de Cultura, para crianças carentes durante o ano todo e onde passam mais de 500 crianças, anualmente); B-Girl Empowerment Day (evento de empoderamento feminino voltado a B-Girls (dançarinas de Breaking) que trouxe dia 15 de março uma palestrante internacional, LeToya Garland, CEO da School Of Breaking e da Queens Of Hip-Hop, e palestrantes nacionais como a Mestra Cristiane Dias Correia, da FEUSP e escritora do livro A Pedagogia Hip-Hop, B-Girl Miwa, diretora no Brasil da ONG
Generation Hip-Hop e a grafiteira Mel Zabunov); Beach Celebration Social Battle Kids (evento de danças urbanas com crianças de 3 projetos sociais de São Paulo); Batalha da Consciência (Batalha de Rimas com temas culturais, onde os MCs se enfrentam discutindo os temas sorteados aleatoriamente e com regras de conduta que inclui não falar palavrões
ou ofensas – é uma batalha de alto nível e inteligente, sem perder essência das ruas, onde quem tem conhecimentos gerais tem mais chances de ganhar o troféu); Sarau Cultural (semanal); Encontros de B-Boys e B-Girls com Workshops gratuitos (mensal); Palestras Culturais gratuitas (Dança, Música, Arte, Cultura, Empreendedorismo Cultural); Workshops Culturais gratuitos (Dança, Música, Arte); Festival Urbano; Arraiá Cultural; Natal Cultural; Escola Cultural de Férias (com atividades lúdicas para crianças e jovens, resgatando o brincar analógico e promovendo a sociabilização por meio de gincanas, brincadeiras, recreação e exposição de teatro de fantoches e cineminha Kids, pintura, desenho, dança, música, entre outras atividades); Portal Breaking World (maior portal do país especializado em Breaking, com matérias jornalísticas atualizadas semanalmente, feitas de forma exclusiva e profissional, gerando conteúdo cultural contínuo para a
Cultura Hip-Hop, com ênfase no elemento Breaking mas sem deixar de cobrir fatos e personalidades relevantes dos outros três elementos da Cultura Hip-Hop).